Os discos rígidos mecânicos têm estado intrinsecamente ligados ao mundo da computação nos últimos 30 anos. No entanto, com o aparecimento das memórias SSD e com a quebra de vendas de PCs, os discos rígidos mecânicos têm perdido alguma popularidade e as vendas reflectem isso mesmo.

Mas será que o fim dos discos rígidos está para breve? A Seagate diz que só daqui a 15 ou 20 anos.

Quando um utilizador necessita de comprar um disco rígido, o factor “capacidade de armazenamento” é, sem dúvida, o parâmetro que mais pesa na hora da decisão… mas a velocidade é também importante.

Nesse sentido, tendo em conta especialmente o factor velocidade, as memórias SSD têm sido a opção para muitos utilizadores, algo que se tem reflectido no mercado de vendas como mostra o gráfico anterior.

Como podemos ver, as vendas de discos mecânicos no terceiro trimestre de 2015 caíram para as 118 milhões de unidades.

hdd_tam_q3_2015_678

Fim dos discos rígidos? Só daqui a 15 ou 20 anos

Quando muitos acham que o fim dos discos rígidos está para breve, a Seagate acredita que tal só acontecerá daqui a 15 ou 20 anos.

I believe HDDs will be along around for at least 15 years to 20 years

David Morton, Seagate

Apesar da popularidade dos discos SSD no segmento doméstico, os discos rígidos mecânicos continuam a ser a tecnologia mais popular para o armazenamento de dados e é também a mais barata. Além disso, os discos mecânicos continuam a ser a tecnologia preferida para DataCenters devido à capacidade e claro ao preço, daí continuar a ser uma solução viável (e preferida) para os próximos anos.

Via: pplware
Fonte(s): pplware
Source: New feed pplware Linux