A Adobe confirmou que está trabalhando em uma nova correção de emergência para o Flash Player que pode ser disponibilizada ainda nesta semana.
O Flash Player está instalado atualmente em mais de 750 milhões de computadores e dispositivos móveis com acesso à internet e também é compatível com plataformas 64 bits.
Além de permitir a visualização de conteúdo multimídia, como vídeos, através do navegador, o plugin também permite a execução de aplicações Web (incluindo jogos).
Considerado como um software muito vulnerável, a situação atual do Flash Player é tão ruim que o chefe de segurança do Facebook pediu para que a Adobe acabe de vez com ele. Algumas versões do plugin também já são bloqueadas por padrão pelo navegador Firefox.
A Adobe confirmou que está trabalhando em uma nova correção de emergência para o Flash Player que pode ser disponibilizada ainda nesta semana
Nova correção de emergência para o Flash Player
De acordo com o boletim de segurança publicado aqui, esta nova correção de emergência para o Flash Player corrigirá uma vulnerabilidade que afeta a versão 21.0.0.197 e anteriores para Windows, OS X, Linux e Chrome OS.
Em seu boletim de segurança a Adobe afirma que esta vulnerabilidade já está sendo explorada ativamente em ataques na Web. Alguns ataques já foram detectados com computadores com Windows 7 e Windows XP rodando o Flash Player 20.0.0.306.
Se explorada com sucesso, esta vulnerabilidade pode permitir que o atacante tome o controle completo do sistema afetado.

Artigos RelacionadosVulnerabilidade em mouses sem fio permite instalação de rootkits nos PCsMicrosoft EMET 5.5Microsoft EMET v5.5 BetaVulnerabilidade no WinRAR afeta todas as versões do softwarePesquisadores alertam para nova falha no WindowsMicrosoft alerta para vulnerabilidade no Secure ChannelOS X, iOS e Linux são mais vulneráveis que o WindowsGoogle divulga nova falha no Windows
Source: New feed Baboo Segurança